sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Comovente historia do cachorro que esperou 11 anos pelo seu dono no mesmo lugar



Uma das mais bonitas histórias, que chamou a atenção do Japão e do mundo todo, colaborando assim para a restauração e preservação da raça Akita, foi a comovente história de um cão Akita chamado Hachiko.

Em novembro de 1923 nasceu um filhote de Akita na prefeitura de Akita, no Japão. Aos dois meses de idade foi mandado ao Professor Eizaburo Ueno em Tokyo, que ansiava por um cão Akita há anos. O Professor batizou o cãozinho de Hachi e o chamava carinhosamente pelo diminutivo Hachiko.

O Professor residia num subúrbio de Tokyo perto da estação de Shibuya. Hachiko acompanhava seu dono todas as manhãs no percurso de casa à estação de trem, voltando no final da tarde para acompanhá-lo na volta para a casa.

No dia 21 de maio de 1925, Hachiko, que tinha tinha apenas um ano e meio, estava na estação como de costume esperando seu dono chegar no trem das 16 horas. Porém, naquele dia o Professor Ueno não chegou, pois sofreu um derrame fatal na Universidade.

Após a morte do Professor, seus parentes e amigos passaram a cuidar de Hachiko que continuou a ir à estação de Shibuya todos os dias à mesma hora para esperar seu dono voltar do trabalho. Os anos passaram e Hachiko, já com dificuldades para andar em decorrência de artrite, continuava a fazer sua peregrinação diária à estação. Sua vigília durou até o dia 7 de Março de 1934, quando já com 11 anos e 4 meses foi encontrado morto no mesmo lugar onde esperou pelo seu dono por tantos anos.


16 comentários:

Mauro S disse...

Que lindo a história, por isto dizem e é, o cão é o melhor amigo do homem, beijos, Mauro

Ricardo Chicuta. disse...

Já tinha visto um documentário sobre essa história.
Cães são mais fiéis que minha ex namorada...

kio disse...

dpois ainda flam q animais n pensa, e esse eh um caso d q os animais n soh pensao + tbm sentem sentimentos, oq talves o dese cao seja + fort do q d qqr ser humano, e pra qm axa q faz isso eh uma prova d q n pensa, tah enganado, pois soh falto o conhecimento d q seu amigo tinha morrido

dim disse...

pobrezinho passou a vida sofrendo sem saber oq tinha acontesido to morendo de pena coitado

Lívia disse...

Linda essa história.
Esse vídeo é do filme japonês lançado sobre ela, em 87. Recentemente foi lançado um americano, 'Sempre ao Seu Lado'.
Existe também a história de um cão italiano que esperou o dono no ponto de ônibus por 13 anos - http://www.youtube.com/watch?v=7tGZuxBZS8A
Quem tem um animal, especialmente apegado a um dos familiares, deveria permitir que ele visse o próprio dono, quando esse viesse a morrer. Ao contrário do que geralmente se imagina, os animais entendem a morte.
Acho que se isso tivesse sido feito, Hachiko e outros animais não teriam precisado fazer esse tipo de coisa durante tanto tempo...

Leonardo disse...

O remake desse filme, Hachiko: a dogs story ("Sempre ao seu lado", versão brasileira) é maravilhoso! muito bem produzido, e não existe um só ser humano que não se estragou de chorar após assistir esse filme!
Filme estrelado por Richard Gere, em (mais) uma excelente atuação!

vale muitissimo a pena conferir!!

Título no Brasil: Sempre ao Seu Lado
Título Original: Hachiko: A Dog’s Story
País de Origem: EUA
Gênero: Drama
Classificação etária: Livre
Tempo de Duração: 93 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Direção:Lasse Hallström

Rafael disse...

Conheci essa historia atraves do filme do Richar Gere, "SEMPRE AO SEU LADO". COmprei o DVD qdo estava indo pra fazenda com minha namorada. Na primeira noite eu dormi e acordei com ela desabando em choro vendo esse filme,até assutei e achei ruim pq falei que era exagero dela.Pois bem,no segundo dia de tarde sentamos para ver o tal filme.Rapaz,da metade pro final,toda hora eu ia no banheiro,ia no carro,ia beber água,me segurando pra nao chorar,o filme é tenso demais.Gostei pra caralho

Anônimo disse...

Realmente é uma histórica muito comovente, acredito que esses animaizinhos tenha sentimentos, eles não falam mas demontram sentir algo imenso pelos seus donos.

Med disse...

Porra, agora não sei se fiquei com mais pena do totó ou do Ricardo :P

heheheehe

Mas cachorro é fantástico, não tem amigo melhor do que eles!

Anônimo disse...

Lançado um filme agora, sobre essa história com Richard Gere.

"Sempre ao seu lado" é o nome do filme.

Nesse local, há uma estátua desse Akita, que é atração turistica.

Exemplo de fidelidade maior na natureza.

José Horácio

Idiotice tem Limite disse...

cães são fiéis até a pagina 2...

abraços.

Michael disse...

Nossa deu até vontade de chorar, sério.
*-*

Cesinha disse...

Realmente emocionante.
Não largo meu folhote por nada... hj ele ta com 10 meses...mas vejam como ele estava com 6 meses.. depois posto fotos novas no www.poisene.com.br

http://www.poisene.com.br/conteudo/?idc=482

Maristela disse...

Já dizia Millan Kundera:"Os cães são o nosso elo com o paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento..." amoooo cachorros

Pingahh disse...

"cães são fiéis até a pagina 2...

abraços."


uhum... entao esse akita ai tem a pagina um mais longa da historia... nao fala besteira rapaz.

Samila disse...

eu assisti o filme dessa historia, mt lindo mesmo. chorei :~

Seguidores